Tag Archives: Fuga

Citação

Ontem uma cena me fez chorar em posição fetal.

Um pai… Um filho… Um homem…

Vagando em pensamento, rumo à sua casa. Guiado pelo álcool em dose desmedida.

Que sonhos tem? Quais mágoas quis afogar? Porquê chora? Onde estão seus amigos?

Quis gritar SOCORRO!

Ele passava despercebido.

Menos pra mim.

Seres especiais, perdidos num mundo confuso.

Quem se importa?

Senti que ao ingerir álcool, se tornou invisível.

Menos pro dono do bar.

Quis ABRAÇAR!

Iria chorar com ele.

E nesta linha, chorei recordando.

Tarja preta… Vermelha… Amarela… Incolor…

Qual curativo você acredita que pode diminuir sua dor?

A ferida continuará lá! Não use a tarja como uma tapa-olhos.

Eeei, levanta-te e anda! De cabeça erguida!

Não entre nesse poço tão fundo.

Profundo.

Teu odor tem o cheiro da solidão… Exala tristeza e pede ajuda.

Mas ninguém entende.

Se afastam como se fosse praga. Mal sabem que a indiferença cheira pior que você.

Não deixe que o inimigo invisível extraia o melhor que há dentro de ti!

Ouça meu grito!

Me dê um abraço!

O mundo é assustador, mas ainda tem muita beleza dentro dele.

Ainda há muita beleza dentro de você!

Se permita… Não faça deste inimigo mais um vencedor…

Juntos podemos acabar com essa dor.

Empatia… Vamos amar mais ao próximo?
– Já perdemos gênios demais para este vilão, não seja mais um…

Meu olhar [3]

Anúncios
Citação

Outros 500!

Escrevendo aqui há um bom tempo, lendo tantos outros blog’s, de amigos inclusive.

Além dos livros, palestras, cases, histórias de vida.

De certo, muito aprendi com tudo, e ainda aprendo, porém…

Na prática e digo nos sentidos também, certas horas filosofia alguma e exemplo nenhum serve de guia para caminhar.

Aquela hora que você deseja ficar “offline”, sumir para o “nada”, o momento que definitivamente tudo que você possui na bagagem não é suficiente.

O momento em que raramente você é compreendido, que ouve “N” teorias e motivos que o façam pensar o contrário.

A hora em que você percebe a diferença entre “Razão” e “Emoção”, e vê que separá-las não é tão simples como nos livros de auto-ajuda.

Aquela hora em que você bebe até vodka, para tirar o nó da garganta.

Canta, no tom mais grave, na tentativa falha de aliviar o que sente.

Diz que o olho só lacrimejou por conta de algo que caiu no olho, e vê a lágrima sair “quicando”, sem a menor intenção de parar.

O que isso tudo mostra é que não somos sempre razão.

Por mais muros que se construa, nascemos do amor, e dele precisamos viver.

Somos feitos de carne, mas certas horas, temos que viver como se fôssemos de ferro.

Falar, ver e ouvir…

Nada ameniza, nem realiza.

Os três sentidos precisam ser ignorados, e porquê não, a inteligência também não deve ser deixada de lado.

“Emburrecendo” certas horas, para aprendermos que nem tudo precisamos saber.

A teoria sem a prática é insignificante.

Deixar o medo de lado, e se arriscar.

Talvez seja esse o segredo do que chamam de suprema e plena felicidade.

Seres evoluídos, que podem ter em seu corpo e em sua mente a marca da tentativa, da qual chamam de “cicatriz“.

E se na prática, fora dos livros e teorias, a realidade é outra, vamos lá…

Praticar, vivendo o que nos espera… E que deve ser bem melhor do que imaginamos.

E quem sabe tirar da imaginação, aquilo que se deseja… Em silêncio.

Pratique!

😉

Na prática…

Esconderijo

Padrão

Esconderijo
Origem: Wikipédia
A caverna também pode ser considerada um esconderijo.
Esconderijo é o lugar criado pelo ser humano ou por outro animal para se esconder de algo ou de algum perigo. Animais que se utilizam de esconderijo são as aranhas, os ratos, os répteis.

Fuga, medo, solidão, conflito.
O fato é que por vezes nós preferimos nos esconder a vivenciar um momento de prova. Como diz minha mãe “tapar o sol com a peneira”, camuflando a realidade.
O motivo mais sincero de abordar este assunto é de abrir os olhos para a realidade e enfrentar mitos, problemas, quebrar paradigmas.
Vejo muitas pessoas responderem á uma crítica mencionando uma situação o qual outra pessoa viveu, ao invés de encarar aquele momento.
Aprenda que o que é direcionado á você deve sim, ser respondido pelas suas atitudes, independente do que elas sejam (boas ou más).
Por qual razão que seja, acredito que por vezes, a auto-confiança é extremamente importante, tanto quanto o oxigênio.
Os motivos que nos levam a esconder são diversos, e individuais. Cada um sabe como a ferida dói e quando a lágrima é de felicidade, e, em alguns momentos, todos se escondem. Seja por medo ou por necessidade, temos um esconderijo que por vezes, dificilmente conseguimos sair.
Aqui generalizo o que digo porque não me sinto só nesta questão, e sei a dificuldade que é pra reconhecermos isso.
O que notei nas minhas vivências é que este esconderijo pode ser fundamental para o crescimento, mas para alguns, ele é fim da jornada.
Quando digo de crescer apresento o que aprendi com a dor: aprendi que ela fortalece. Já cheguei a me ver sozinha, numa multidão, sentindo falta de alguém que me compreendesse, e ali entrei no meu esconderijo. Ali, vi que quase tudo estava nas minhas mãos. A escolha é minha: continuar parada, no mesmo lugar, com as mesmas atitudes ou mudar, pelo meu bem e não pelos outros, e sair daquele esconderijo para viver desafios.
É triste dizer fim da jornada, para aqueles que dão muito valor á vida. Não critico aqueles que por vezes, se veêm no direito de interromper uma história, por não ver nela um motivo bom para seguir em frente.
Todos somos dotados de força e de fraqueza, e durante nossa jornada, encontraremos “N” desafios, momentos, pessoas, distintas em si e quanto as pessoas que vivenciam, portanto, antes de criticar atitudes que você não viveu, recomendo a prática da empatia.
É muito simples taxar de louco, cego, ignorante, fraco; quando na realidade, estamos todos no mesmo mundo, onde por vezes é mais prático criticar do que ajudar o próximo.
O bem que acho muito necessário é sairmos de nossos esconderijos e visitarmos o do outro. Talvez lá, encontremos o abrigo que precisamos e mostramos a ele o sol que a poeira não está o deixando enxergar.
Solidariedade, acima de tudo, nos bons e nos maus momentos.
Enxergue o sol, da forma que é, tire o que for preciso da frente para vê-lo. Enfrente com inteligência e sabedoria, tudo na vida á dádiva.
Fique no seu esconderijo apenas o tempo suficiente para aprender, que se tem alguém que precisa da sua força, esta pessoa é você mesmo.
Deus não lhe dará um fardo mais pesado do que pode carregar.