Tag Archives: cachoeira

Citação

15181534_10207503516818164_4664218788777462581_n

Gosto da liberdade

De me sentir pequena

Diante de tanta beleza

E tamanha riqueza
Gosto das mães lindas

Natureza

Cachoeira

Que diante de tantos obstáculos

Não perdem sua delicadeza
Gosto de cada pedrinha que encontra meu pé

Mostrando que mesmo pequenina

Tem algo a me ensinar
Gosto do ar

Livre

Que me permite inspirar

Respirar

Cantar

Sussurrar
Gosto de flores

Cores

Sabores

Amores

Encantadores
Gosto do sol

Do céu

Do mel

Da água gelada que mais parece um véu

Cobrindo seus amados com tamanha paz
Gosto do mergulho

De saltar

Da adrenalina

Que se solta no ar
Gosto da vida

Que uma hora se finda

Mas antes disso inunda

O coração de quem se deixa

Levar…

[Marini Lopes]

[Meu eu]

Anúncios

Se joga!

Padrão

Ás vezes, é necessário deixar o medo de lado e mergulhar naquilo que temos vontade.

Pensar demais pode nos tornar infelizes!

A razão é essencial, claro. Mas, algumas vezes, ela bloqueia nossa capacidade e nossos sonhos.

Aprendi mais certas horas, agindo, enfrentando meus “medos” do que pensando.

Quando estamos diante de algo, por mais que se analise, só saberemos o que realmente é quando agirmos.

Já estive em cachoeiras altas. Ou vencia o medo, ou experimentava aquela sensação frenética.

Um turbilhão de coisas vem a mente, e naquela fração de segundo, muita coisa acontece.

Me joguei! Mesmo sem saber nadar, precisei agir com o meu corpo para voltar á superfície.

Se antes, muito pensei antes de realizar, depois da ação, senti vontade de repetir aquele ato.

Por medo, muitas vezes deixei de agir. E ao me aventurar, conheci o desconhecido.

Repetindo o salto, as sensações eram sempre diferentes.

Os pensamentos naquela fração de segundo também.

Se falhar, não importa. O que importa, realmente, é que venci tentando…

Na vida, já me vi muitas vezes diante de situações como esta, na cachoeira.

Algumas cachoeiras, descobri sozinha. Outras, com companhias.

Em algumas recuei, em outras saltei.

Para saltar, certas vezes precisei de um incentivo. Em outras, segui meu desejo e nada me impediu.

Sobrevivi em todas. Jamais me esqueço da adrenalina que senti saltando.

Estas sim, me renderam boas e inesquecíveis histórias…

“Vai, esquece do mundo. Molha os pés na poça. Mergulha no que te dá vontade. Que a vida não espera por você. Abraça o que te faz sorrir. Sonha que é de graça.”

Caio Fernando Abreu.