Monthly Archives: Setembro 2012

Citação

Quem nunca ouviu essa pergunta?
Até hoje me recordo que quando pequena sempre respondia coisas diferentes.
Já quis ser astronauta, pra ficar perto das estrelas.
Cheguei a me arriscar na cozinha, com pratos absurdos para agradar minha família.
Aprendi artesanato, ajudava minha mãe a costurar.
Cheguei a acompanhar meu pai em trilhas, e até freira pensei em ser.
Me inscrevi no vestibular pra Oceanografia, querendo descobrir o mar.
E hoje, olha lá onde estou.

Por gosto, padrões e necessidade de sobrevivência, atuo na área de pessoas e RH.
Mas não é essa que considero a mais importante, por ter estudado e precisar de muitas certificações pra chegar até ela.

Sou profissional das áreas que nunca estudei:
Escritora! Escrevo por gostar desde pequena. Os calos nos dedos mostram isso.
Pedagoga! Amo estar com as crianças, ensinando, aprendendo e brincando.
Psicóloga! Ao ouvir amigos que não sabem o que fazer em situação XYZ e eu logo ajudá-los com o pouco que estudei, e quando isso não basta, com a situação mais “viajada” possível.
Administradora! Sempre achando tempo pro que realmente importa, remanejando o que não foi possível fazer quando quis e definindo as prioridades.
Artista! Pra viver apenas uma vida, representando quando convém, fazendo rir quando só se quer chorar, criando um mundo lindo mesmo quando ele parece não existir. Seguindo o script, errando a fala e o texto, improvisando!

E outras profissões que tive o prazer de realizar o sonho de ser, pelo menos por um momento.
Me realizo hoje, quando tenho o prazer de cozinhar pra minha família. O sorriso que vejo é a melhor recompensa.
Descobri, depois que cresci um pouco, que não precisa ser astronauta pra estar perto das estrelas.
Uma pessoa especial ao seu lado já é o suficiente.
Quando viajo, volto a ser aquela criança sem medos, desbravando o que tem pela frente.
Mergulho, volto á superfície. Admiro a lua, ainda no mar.
Hoje ainda brinco com alguns amigos, quando fazem algo que considero incrível:
“Quando crescer, quero ser como você!”
Eles riem, e ás vezes nem compreendem.
Não tem problema, somos eternas crianças em busca de aprendizado.
As profissões nos ensinam muito, desde pequenos.
Nos ensinam que por mais que cresçamos, sempre haverá o que crescer.
E no crescer eu te remeto a pensar, que significa: SONHAR.
Não perca as rédeas da sua vida, deixando o sonho morrer.
Não deixe que matem essa criança que tanto sonhou, e tanto teve fôlego para correr.
Não perca a chance! Brinque de pega-pega, até que o sonho pegue você.
Como aquela criança que sonhou, se cair do skate e doer, não desista.
Arrisque novas manobras, novos lugares, novas rodas. Vá em frente!
Agora vai.
Tira o salto alto ou o sapato social, põe o tênis no pé, e corre que a vida te espera!
Quando o rumo da sua vida tiver se perdido, lembre-se:
O QUE VOCÊ QUER SER QUANDO CRESCER?


“Tive vontade de jogar tudo pro ar e virar hippie.
Numa vida alternativa, sem tecnologia, escrevendo num papel de pão, fazendo artesanato, sem padrões a seguir e sem esses modelos supérfulos que regem o mundo.
Mas isso eu quero ser quando crescer…”

Como uma criança, eu desejo insistentemente:

Eu quero ser FELIZ! 😀

O que você quer ser quando crescer?