Monthly Archives: Junho 2011

Paisagem

Padrão

Foto: Mariana Marques Photography © All rights reserved.

Muito além do que nossos olhos podem ver, assim como a vida!

Ao olharmos uma paisagem, muitas vezes focamos apenas naquilo que nos interessa ou no que chama atenção.

Não olhamos ao redor e muitos detalhes passam despercebidos.

Uma coincidência? Não, na vida realizamos a mesma coisa.

Diante de um problema, só conseguimos observar consequências, ao invés de procurar soluções.

Olhamos a vida do outro, e ao apontarmos o dedo pra outra pessoa, não notamos os outros quatro apontados pra nós.

Podemos enxergar todos os dias, na correria que nos envolve, apenas prédios, asfalto, pessoas com pressa e mendigos na rua.

Nossa mente, muitas vezes acostumada com isso, cega nossos olhos e não permite a nós ver o pôr-do-sol, o sorriso de uma criança, um pássaro a cantar…

Ficamos limitados ao que vemos e não buscamos novos horizontes.

Novas maneiras de ver a vida, de solucionar, ao invés de complicar.

Formas de tornar nossa vida mais alegre, menos cansativa, mais prazerosa!

Tenho hoje o hábito, de mesmo exausta, dar atenção aquelas pessoas que costumam puxar conversa em ônibus, na rua, em filas.

Noto uma carência em diálogos, e acredito que estas pessoas estão buscando, da sua forma, um novo horizonte em suas vidas, ao tomar a atitude de se comunicar com o desconhecido.

Tudo é questão de querer.

Se a paisagem que você vê hoje te satisfaz, é porque através de suas atitudes, você conseguiu enxergá-la.

Se ela não te anima, te deixa infeliz e por vezes, você prefere esquecê-la, comece!

Comece hoje a dar atenção aos detalhes que você ignora. Seja criativo e crie momentos no qual você quer fazer parte.

Daí em diante, tenha eles como meta, e busque alternativas para concretizar o que deseja.

Torne sua vida a mais bela paisagem enquanto estiver aqui.

Muitas coisas em nossa vida estão ligadas ao ponto de vista.

Uma história que ilustra o que isso significa:

Existia um senhor muito rico que gostava muito de fazer maldades.

Um dia ele descobriu que em frente de sua casa, morava uma senhora muito pobre que estava fazendo aniversário.
Ele, mais do que depressa, pegou uma bandeja de prata caríssima e colocou nela um monte de lixo. Foi até o portão da senhora e tocou a campainha.

Logo a senhora de idade abriu devagar o portão e cumprimentou-o:
– “Bom dia, senhor.”
– “Bom dia. Como sei que a senhora está completando anos… trouxe um presente”. E lhe entregou a bandeja.
Ela abriu um sorriso e disse:
– “Obrigado… o senhor pode aguardar um minuto?”
E saiu. O senhor rico, com uma cara de espanto pela atitude, aguardou.
Ela entrou, lavou a bandeja e depositou muitas flores de todos os tipos e perfumes. Voltou e entregou ao homem.
O senhor rico, incrédulo e espantado, disse:
– “Mas como? Eu te ofereço lixo e a senhora me dá flores?
– “Filho, eu aprendi neste mundo que cada um oferta o que tem no coração”.

 

O que para alguns seria um gesto de humilhação, para ela foi uma forma de mostrar o quão sublime era seu jeito de viver.

Trate a vida com mais esmero, busque ser o melhor enquanto estiver por aqui.

Não culpe os outros pela paisagem que você vê.

Felicite-se por ter o poder de deixá-la mais linda a cada segundo!


”)

Pensamentos na Lua

Padrão

Tudo volta!
E volta mais bonito, mais maduro.
Volta quando tem de voltar, volta quando é pra ser.
Todo sopro que apaga uma chama, recende o que for pra ficar.

É por conta disso que muitas vezes sinto que nunca perdi nada…

Sinto que apenas fiz o que era pra ser feito naquele instante.

A única certeza que temos na vida não é lá muito alegre, portanto…

Dar o melhor o si quando vale a pena não é vergonha, é MÉRITO!

Esperar por aquilo ou por quem se ama não é perda de tempo, é PERSEVERANÇA!

Chorar não é feio. Nosso corpo diz o que muitas vezes a própria alma desconhece, ou finge esquecer…
Todas as grandes descobertas e invenções foram antes de tudo, um SONHO.

Sonhos são motivos, por menores que sejam, de nossa existência.

Aquilo que provamos quando estamos amando talvez seja o nosso estado normal.

O amor mostra ao homem como é que ele deveria ser sempre…

A persistência, a felicidade. O sorriso sincero e os gestos de carinho.

Essenciais sempre!

Existe um motivo divertido que me faz seguir em frente:

Descobrir a forma desse quebra-cabeças chamado VIDA, encaixando as peças e criando minhas estratégias, pra que possa apreciar cada minúsculo encaixe.

Certo ou errado, a escolha é minha. Chorando ou sorrindo, é felicidade que busco.

O Shrek é o melhor conto de fadas por ensinar que ninguém precisa ser perfeito para ser feliz!

Tia!

Padrão

Falamos tanto de saudade que a felicidade da VIDA ás vezes desaparece!

Hoje compartilho algo que está me dando uma felicidade de tirar o fôlego:

A maravilhosa notícia de que vou ser TIA! de mais dois anjinhos (risos)

Sou aquela que leva sempre consigo a frase:

“Melhores amigos, na verdade são irmãos que por algum erro não caíram na nossa família.’”

Eu tenho irmãs. Que me proporcionam momentos únicos e que sempre me fazer rir, estão ao meu lado e pegam no pé quando é preciso.

Tenho uma sobrinha de 5 anos, que logo terá um irmãozinho e como se não bastasse, minha outra irmã também me dará este presente.

Aos 24 anos, 3 sobrinhos abençoados… Quer felicidade maior?

Nos três, chorei com o resultado, abracei, me alegrei. Em todas senti como se fossem meus filhos, há uma luz em ser TIA!

A vida em si, quando anunciada, traz um motivo a mais pra se seguir em frente, nos faz imaginar como será a nossa vida ao lado dessa criança e o quanto ela receberá de amor.

Todos os dias há um pensamento nela, e um carinho ainda maior com aquela irmã, que agora será MÃE.

Deixou de pensar somente em si, e agora traz consigo o fruto de um amor.

O sorriso muda, e há toda aquela energia positiva que só uma mãe possui.

Uma força que só elas possuem, uma coragem e determinação. Se permitem transformar, sem ver nisso mal algum.

Admiro este poder e esta dádiva que as mulheres possuem.

Admiro e amo muito minhas irmãs!

Impossível é não se alegrar com isso…

Saber que logo mais terei anjinhos pra carregar, pra dar carinho, amor, pra fazer sorrir…

Me divirto até hoje com a minha sobrinha me chamando de tia…

O carinho e amor que ela tem, da alegria e do jeito lindo de ser!

Nada de rugas, mas sempre que a vejo penso: Estou ficando velha (muitos risos)

O tempo passou, e parece que faz pouco tempo que pegamos o resultado do exame de sangue.

Que a via dando cambalhotas na barriga da minha irmã e que recebi a ligação dela emocionada dizendo: PARABÉNS TITIA, EU CHEGUEI!

Quando minha irmã ligou dizendo sobre o ultrasson, já logo brinquei:

Quero um pingolino… E ele logo logo está chegando.

Uma nova vida sempre me traz um novo sorriso.

Me faz descobrir novos amores, e ver como o AMOR é infinito!

E estas irmãs, que Deus me permitiu encontrar, não são simplesmente amigas o qual resolvi chamar de irmã.

São mulheres que sentem como eu, como é grande este sentimento que nos une.

Me sinto completa, por saber que cada sobrinho que nasce, traz consigo o meu amor também.

Me dá a missão de estar sempre ao lado de sua mãe, e de dar a ele todo aquele amor que eu desconhecia existir.

Cada criança que chega traz consigo um poder eterno de fazer a vida de muitas outras pessoas felizes.

Posso dizer que me sinto diferente, e que me arrepia sempre que ás vejo.

Eu acredito sim, que há muito mais poder na vida e em cada um do que imaginamos.

Existem sensações que jamais poderão ser descritas…

Ser TIA descrevo como uma delas!

Amo vocês!

Nosso poder!

Padrão

Acabei de terminar de ler o livro ” Seu balde está cheio?” – Tom Rath e Donald O. Clinfton e logo quis compartilhar a experiência maravilhosa que esta leitura me proporcionou.

“Vivenciamos todos os dias interações positivas e negativas que influenciam nossos sentimentos e nosso modo de agir. Mesmo que sejam banais e rotineiras, essas interações têm importância, muita importância.

Embora não nos matem, nossas experiências negativas acabam destruindo, de forma lenta e inexorável, nosso bem estar e produtividade.

Felizmente, as experiências positivas, que “enchem” os nossos “baldes”, podem ser ainda mais poderosas e compensar ou neutralizar o efeito das negativas” trecho do livro

O conceito diz aquilo que muitos sabem, mas poucos aplicam.

Todos nós possuímos um balde e uma concha invisíveis.

Todos os dias, podemos encher o nosso balde ou esvaziá-lo, bem como o dos outros.

Quando esvaziamos o balde dos outros, logo, esvaziamos o nosso também.

Logo, quando enchemos o balde dos outros, o nosso transborda.

A importância de entender isso está na maneira com que tratamos aqueles que estão ao nosso redor.

O poder que temos sobre a nossa vida e na do outro é fantástica, porém, se não tiver conhecimento disso, pode ser desastrosa!

A positividade é fundamental para nossas vidas. Quando tomar ciência disso, evite desperdiçar oportunidades de aumentar emoções positivas daqueles que estão ao nosso redor.

Por hábito, acabamos deixando pessoas e ambientes entristecidos.

Quantas fofocas você houve por dia, quantas notícias ruins? Em ônibus então, inevitável não ouvir…

Então, é bom termos a consciência do quanto isso faz mal a nós e aqueles que ouvem, e usar o poder que temos pra agir de forma agradável na vida de quem está ao nosso redor.

Simples atitudes que fazem toda diferença!

Um bilhete dizendo o carinho que sente, um sms, e_mail, cartinha…

Elogiar não é pecado e ser educado também não.

Dar um “Parabéns” quando alguém aniversariar ou até mesmo organizar uma festinha surpresa.

Um abraço e um beijo já são essenciais.

Muitas atitudes que mudam e marcam a vida das outras pessoas, simples e sem custo nenhum.

O aumento de emoções positivas pode estender a expectativa de vida em mais de 10 anos!

Viva mais, ria mais, proporcione aos que estão a sua volta esta dádiva!

Nós passamos por cerca de 20 mil momentos diferentes todos os dias…

Vamos transformá-los nos melhores momentos possíveis!

Encha muitos baldes todos os dias, e sinta essa positividade!

Irradie FELICIDADE e será lembrado pra sempre!

Com carinho e neste momento, saudade…